Facebook do Troféu Louvemos Instagram do Troféu Louvemos Twitter do Troféu Louvemos

O Crescimento da música católica no mercado

O-CrescimentoUm segmento que cresce em ritmo acelerado, assim é possível definir a música católica. Antes restrita a produções quase independentes, com discos lançados por gravadoras específicas e até mesmo dentro dos ministérios católicos, agora a música católica ganha um maior destaque dentro das chamadas majors.

Para mostrar que está máxima de crescimento é verdadeira, basta lembrarmos dos trabalhos lançados pela Som Livre. No casting de artistas que tiveram suas músicas distribuídas em trabalhos próprios ou coletâneas, estão os grupos Anjos de Resgate, Canal da Graça e Banda Dom, além de músicos como Netinho, João Marcello e Adriana. Isso sem citar os mais conhecidos do grande público como o Padre Fábio de Melo , Padre Reginaldo Manzotti e a banda Rosa de Saron. Outras grandes gravadoras também já lançaram trabalhos voltados para o universo católico, como a Sony, com o Padre Antônio Maria, e a Universal, com o Padre Marcelo Rossi.

Quando a música católica começou a deixar os limites das paróquias para ser gravada em disco, isso ainda na década de 60, com o pioneirismo de Padre Zezinho, não era possível imaginar a grandeza de números. O primeiro álbum do Padre Marcelo Rossi, Músicas Para Louvar o Senhor (lançado em 1998), ultrapassou a marca de três milhões de discos vendidos. Em 2009 o Padre Fábio de Melo desbancou Zezé de Camargo e Luciano e Beyoncé, ficando no topo dos discos mais vendidos no Brasil, com Iluminar. E o sexto lugar na lista também era dele com Eu e o Tempo Ao Vivo.

E se os tais números acima não são suficientes pra demonstrar a explosão da música católica no país, basta darmos uma olhada no Festival Halleluya. Realizado anualmente em Fortaleza, no Ceará, o festival católico contou este ano com 40 atrações musicais, círculo de palestras e campanhas de doação de sangue e medula. Mas o que surpreende é o público. Entre os dias 20 e 24 de junho, mais de 970 mil pessoas compareceram ao evento. Em uma comparação rápida, a quarta edição do Rock in Rio, realizada ano passado, teve um público total de 700 mil pessoas, em cinco dias de festival. É a música católica conquistando cada vez mais espaço em um mundo pop.

Top
Share This